Dicas para as moças descobrirem o próprio corpo

Postado em 28/08/2014
1593761269367835-1

Já não é novidade que o tempo de ter vergonha de se masturbar acabou. Porém os homens têm muito mais liberdades em relação a isso do que as mulheres. Criadas cheias de pudores e tabus, muitas vezes elas ainda tem vergonha de fazer, ou pelo menos, de dizer que fazem.

Acontece que não há nada mais natural e saudável do que explorar o próprio corpo. Assim como uma criança descobre as funções dos seus braços e pernas, numa idade um pouco mais avançada, começa a entender como manusear e encontrar prazer em suas genitálias.

Mas se você é uma moça que ainda não conseguiu transpor essa barreira, lembre-se que nunca é tarde.

Procure um lugar confortável onde se sinta bem e segura. Pode ser no seu quarto, na sua banheira ou qualquer outro lugar de preferência. Cada uma sabe bem o que é bom para si.

Você pode preparar um clima ambiente. Tem quem goste de acender velas aromatizadas, deixar aquela meia luz e colocar uma musiquinha mais calma. Isso vai de gosto. Lembre-se sempre que o importante é estar confortável e se sentindo bem.

 

Procure em sua mente imagens mais eróticas como estímulo. Você também pode recorrer a revistas, filmes ou vídeos na internet. Existem materiais que são eróticos, ou seja, repletos de insinuações mas não aparece a transa em si. Já aqueles ditos pornográficos são de sexo explícito, você vê tudo.

Vá acariciando aos poucos os seios e sinta a rigidez dos mamilos. Com o aumento da excitação todo o seu corpo vai se enrijecendo naturalmente.

Passe a acariciar, enfim, sua vagina. Repare na sua lubrificação natural. Ela vai aumentando de acordo com a intensidade da excitação. A partir daí você deve dar atenção ao seu clitóris com movimentos espontâneos.

Não deixe de inserir alguns dedos no canal vaginal. Esse estímulo simultâneo aumenta consideravelmente o prazer. Acredito que a partir daí é uma questão de testes. Cada uma vai descobrindo como se sente melhor, pra que lado e com que velocidade.

Só mais uma coisinha… Não pare até gozar! Você não vai se arrepender.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *