Qual a diferença entre sadismo e masoquismo?

Postado em 17/09/2014
bondage

O Sadismo e o Masoquismo são considerados perversões ou anormalidades. A terminologia sadismo surge do nome do Marquês de Sade, escritor e filósofo francês, que fala do prazer advindo da dominação e sofrimento que provocados à alguém, através de dor física ou emocional, incluindo a humilhação do parceiro. Existem pessoas que têm o sadismo apenas como uma fantasia erótica e simulam a dominação durante a relação sexual, porém muitos são os adeptos do real sofrimento alheio.

Já o Masoquismo, seria o prazer em sentir dor ou ser dominado por outra pessoa. Por isso, se denominam masoquistas aquelas pessoas que gostam de sofrer. A terminologia advém do nome do austríaco Leopold von Sacher-Masoch, escritor do romance “A Vênus das peles”, no qual descreve os desejos de dominação e dor do protagonista.

Diferente do sádico, o masoquista ao sentir medo, dor, ou ser humilhado consegue chegar ao orgasmo. Ou seja, o masoquismo refere-se ao prazer sexual relacionado com o desejo de sentir dor no corpo, ou mesmo de imaginar situações em que esteja sendo submetido à a humilhação e dominação, e em alguns casos o prazer deriva-se de uma situação de inferioridade perante o parceiro sexual e não da dor.

Logo, é no encontro desses dessas duas perversões que nasce o sadomasoquismo. Enquanto um busca dominar o outro gosta de sofrer e aí forma-se o casal perfeito. Há de se lembrar que a psicanálise recomenda acompanhamento aos adeptos desses prazeres agressivos. Por isso, enquanto for apenas uma curiosidade e não estiver realmente machucando, aproveite se exageros. Caso contrário, procure orientação profissional.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *