Quais são as zonas erógenas dos homens e das mulheres?

Postado em 26/06/2016

As zonas erógenas do homem e da mulher: entenda quais são as especificas e as inespecíficas

As zonas erógenas são as partes do corpo masculino e feminino que, quando estimuladas, causar excitação. E você sabia que não são só os seres humanos que têm essas sensações? Muitas espécies animais utilizam as zonas erógenas do macho ou da fêmea no ritual de acasalamento.

Para os homens e as mulheres, as zonas erógenas são aquelas que, sensíveis ao toque, trazem sensibilidade seguida de excitação. Desde que o sexo se tornou um assunto popular e que as mulheres e os homens passaram a buscar mais conhecimento para melhorar a qualidade do sexo, as zonas erógenas são tão discutidas quanto o ponto G feminino. Abaixo, listamos o que já foi estudado sobre o assunto.

Específicas e não específicas

A biologia do sexo destaca dois tipos de zonas erógenas: as específicas e as não específicas.

  • As zonas erógenas inespecíficas são as que causam excitação como alternativa: as laterais e atrás do pescoço, as axilas e as laterais do tórax.
  • As zonas específicas são as que produzem sensações mais intensas: clitóris, vulva, pele perianal, escroto, lábios, boca e mamilos.

zonas erogenas

Os pés não são tão atraentes assim

Para desvendar o mistério das zonas do prazer, até a neurociência foi envolvida no assunto. Em 2013, o jornal O Globo publicou uma matéria que revelou que uma pesquisa, feita pela Universidade de Psicologia de Bangor e pela Universidade de Witwatersrand, que analisou mais de perto os efeitos do cérebro em relação às zonas erógenas.

Na pesquisa, o dado que mais surpreendeu aos cientistas foi que 800 pessoas que responderam à pesquisa não consideram os pés sexualmente atraentes e que havia algumas diferenças entre os gêneros, por exemplo, a parte de trás da perna raramente era citada pelas mulheres, enquanto que para homens era tão importante quanto as orelhas. As mãos também foram mencionadas como mais eróticas para homens do que mulheres.

As zonas eróticas é você quem faz

O nosso corpo é uma grande zona de prazer. Abuse da criatividade e tente explorar ao máximo as zonas erógenas (e por que não brincar também com as não citadas nessa matéria?). A busca pelo prazer deve ser constante para não deixar o seu relacionamento cair na mesmice. Invista em brinquedos de sex shop para intensificar o prazer e aposte as suas fichas na sensualidade.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *